O sonho uruguaio

     Há alguns anos atrás eu cismei que queria conhecer o Uruguai – Punta del Este em especial- mas eu nem sei exatamente o porquê. Passei muito tempo enchendo a paciência da minha mãe toda vez que ela falava em viajar, dizendo sempre que não haveria viagem que eu fosse gostar mais do que essa (a não ser para Índia, mas isso eu sei que está fora de cogitação).
     No começo desse ano começamos a pesquisar destino para nossa viagem de férias, como fazemos todo mês de janeiro. A ideia inicial era que a minha mãe fosse para Buenos Aires com o meu padrasto e pra alguma praia qualquer comigo. Estávamos lá na agência de viagem olhando alguns catálogos quando achamos um cruzeiro de 8 dias passando por Punta del Este (*-*), Buenos Aires e Montevideo. Perfeito! Agradaria a todos, e em especial a mim, que sempre adorei viagens de navio e principalmente uma que passasse pela minha cidade dos sonhos!
     Confesso que apesar do roteiro da viagem ser incrível, eu não estava muito animada. Até a manhã da nossa partida eu ainda estava indiferente a esse assunto, estava aproveitando tanto minhas férias em São Paulo que tinha medo de perder alguma coisa indo viajar. Quanta bobagem! Os primeiros minutos no navio já me fizeram perceber que eu estava prestes a viver a melhor semana da minha vida. 
     Eu poderia passar horas falando sobre as amizades que fiz, sobre as noites de balada, sobre as tardes na piscina, sobre a rotina mais perfeita impossível… mas resolvi falar primeiro sobre o Uruguai e o meu sonho realizado. 
     Punta del Este é realmente maravilhosa, muito melhor do que eu imaginava. A quem me pergunta os motivos, eu nem sei explicar. É algo de outro mundo o que eu senti nas horas que passei lá. Se eu pudesse imaginar o que seria um lugar perfeito para mim, seria exatamente como é Punta del Este. A praia, as pessoas, o sol, as ruas, os restaurantes, as lojas, as casas, os carros. A falta de violência, o ar puro, os sistemas de educação e saúde invejáveis, as paisagens. É tudo tão encantador! 
     Enfim, o resultado de tudo isso é que eu fiquei mais cismada ainda com Punta. Tão cismada que quando estava lá comecei a pesquisar se havia faculdades de jornalismo na cidade e sobre programas de intercâmbio. Na volta ao Brasil, já procurei cursos intensivos de espanhol e comecei a guardar dinheiro. Estou realmente decidida a passar uma boa temporada lá.

     Hasta la vista, chicos!    

1 Response so far »

  1. 1

    Vinícius de Melo said,

    Achei que você tinha tirado férias do blog. Tanto tempo sem postar… Eu tenho um sentimento parecido com o seu antes de viajar. Em geral, nunca estou animado: nunca.

    Vou porque meu pai comprou a passagem. Porém, quando estou lá, sou sempre o mais animado, o que mais agita pra sair. Exceto se chove. Se chove, eu murcho e fico na cama vendo TV (É porque eu adoro fazer isso quando chove).

    Mas enfim, antes que eu faça um “novo” post, só queria comentar a mesma percepção pré-viagem que você tem🙂


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: