Gastronomia

Gastronomia. Tá aí um assunto muito presente na minha vida. Eu falo muito sobre comida (é o assunto que mais rende conversa, todo mundo tem sempre o que falar sobre o que gosta de comer e o que odeia), como bem mais do que devia (quem me conhece sabe que eu vivo em constante regime, mas não aguento diante de doces e algumas coisinhas mais), faço todos os meus trabalhos da faculdade usando “comida” como tema, todos os meus programas envolvem comida e provavelmente ainda farei uma faculdade de Gastronomia. Ao contrário de estilo musical, estilo “gastronômico” é um assunto do qual eu não tenho dificuldade nenhuma para falar a respeito; muito pelo contrário, todos os meus assuntos acabam em comida. E ao contrário da lista que eu fiz das minhas músicas preferidas, fazer uma lista das minhas comidas preferidas seria muito difícil, pois ficaria enorme. Fora que eu sempre estou em fase viciada em determinada comida, então não tem como estabelecer as que eu mais gosto. Já tive a fase esfiha, a fase farofa, a fase churrasco, a fase brócolis… agora estou numa fase MUITO comida japonesa. Quem vê tanto gosto por Gastronomia assim até pensa que eu cozinho muito bem. Mas não: eu não sei cozinhar. Quer dizer, eu não sei cozinhar coisas normais e que existem. Minhas criações gastronômicas são sempre inusitadas e normalmente só eu gosto delas. Ainda assim, isso conta né ?! Melhor que não saber fazer nada. Minhas invenções costumam surgir durante os surtos preciso-de-doce-e-só-tem-fruta-em-casa ou nos momentos de tédio extremo. O tédio, aliás, é meu principal inimigo – ele me leva diretamente à gula. E gula me leva diretamente aos doces, o que, quem me conhece o mínimo que seja sabe, é um dos meus maiores vícios. Qualquer doce me agrada. Basta um mini-chocolate que seja para alegrar meu dia: é pro chocolate que eu recorro quando estou triste, brava ou muito feliz. Além dele, tem o sorvete (com caldas e tudo que tem direito), bolo, torta de morango, torta holandesa, torta de limão, pudim, tapioca (a da Paulista é sensacional!), brigadeiro, beijinho, bicho-de-pé, bomba, mousse, quindim, crepe… aaah, tudo! Fora as comidas… japonesa, mexicana, árabe, italiana, indiana; esfiha, pizza, churrasco, lanche, batata-frita, macarrão…são inúmeras as minhas paixões culinárias, e como eu disse, se fosse listar tudo passaria horas por aqui. Mas então é isso… chega de falar de comer e vamos à contagem de calorias! ¬¬

5 Respostas so far »

  1. 1

    Esqueci de enfatizar que o fundo do meu blog é uma foto de confetes… hahaha😛

  2. 2

    Monello said,

    Hahahahaha
    Realmente, acho que o assunto que mais rende com vc é comida! Planos, sempre, são pra ir comer em algum lugar.
    Mas, fazer o que, comer é bom mesmo oras! Só fase brócolis que… eca…hahaha
    Enfim, adorei o nome do surto hahaha
    Beijos Mázinha

  3. 3

    Danilo said,

    O fundo do seu msn também é de confetes.
    Só falta provar a belíssima pizza de strogonoff e aderir à rúcula com tomate seco!
    ahuehauiehiue
    bjo Má

  4. 4

    Ju said,

    Eu te daria um Ouro Branco neste momento se estivéssemos juntas =]

  5. 5

    Isa said,

    Temakis!!! Eu acho que nós devíamos combinar de comer MAIS temakis!!
    Uma vez por semana é muito pouco!! Hhahahah

    Acho q também estou em uma fase de comida japonesa!!😉


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: