“A felicidade se encontra nas coisas mais simples da Terra”

     Esses dias comecei a reparar como eu fico feliz com coisas simples, até bobas, eu diria. Eu não preciso de grandes acontecimentos no meu dia para considerá-lo bom; são as pequenas coisas que, juntas, tornam-se muito melhores do que algo realmente notável. Aprender a valorizar os detalhes com certeza faz toda a diferença.
     Por exemplo, se o dia amanhece ensolarado, já é um motivo para achar que o ele vai ser bom (tá certo que esse calor insuportável que tem feito não é nada bom, mas o dia fica bem mais bonito assim do que cinza e chuvoso né?!).  Depois, ir para a faculdade é uma coisa que eu realmente deveria valorizar mais. Quer dizer, eu estou na faculdade que eu queria, com os amigos maravilhosos que eu fiz… Um dia isso vai fazer falta, então é melhor aproveitar mais agora, enquanto eu posso.
     E aí vem a parte do trabalho. É extremamente cansativo pegar o metrô lotado, no calor, em pé, e demorar para chegar lá. Chegando, é péssimo ter que andar correndo pela rua desviando de tudo e de todos para conseguir chegar no horário. Mas eu quis tanto esse estágio! Eu gosto do trabalho, gosto das pessoas, e claro, como ninguém é de ferro, eu também gosto do salário no fim do mês.
     À noite, eu vou para dança, me sentindo a pessoa mais exausta do mundo. Mas mesmo assim… Tudo vale a pena. Dançar é minha vida e todo mundo que me conhece está cansado de saber disso. Por mais que nem tudo seja flores e que alguns dias sejam muito difíceis, o saldo final é positivo. Pelas pessoas, pelas aulas, pelas coreografias, pelas músicas… Cada detalhe importa!
    Excluindo a minha rotina como exemplo agora, o que eu quero dizer é que quem procura grandes motivos para se sentir feliz acaba mais infeliz do que quem se apega aos detalhes do dia-a-dia. Quem espera muito vive apenas alguns dias de felicidade, enquanto quem valoriza as coisas simples vive feliz todos os dias.
     Valorize sorrisos, valorize olhares, valorize ouvir um “bom dia” ou um “durma bem”. Valorize quem está por perto. Valorize um almoço gostoso, uma sobremesa calórica, um ventinho em meio a um dia de calorão. Valorize um abraço, um beijo, ou um simples aceno de oi. Valorize alguns segundos de boa companhia, valorize as conversas, valorize as mensagens de celular. Valorize tudo aquilo que te faz bem, ainda que apenas por alguns segundos. Qualquer momento de alegria vale.

Música do título: Casinha, do Armandinho

“A felicidade se encontra nas coisas mais simples da Terra
Às vezes a paz de um sorriso pode desarmar uma guerra”

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: